Tatiana Drummond Moura: sons-imagens-textos em síntese


Tatiana Drummond Moura iniciou seu projeto “Partituras” em 2015, a partir de uma série de pinturas acrílicas em papel Canson formato A3, inspiradas nas abstrações do pintor alemão Gehard Richter. Buscando extrapolar os limites da pintura sem recorrer a modelos já propostos para o campo ampliado, a artista se interessa pelo processo de data bending, comumente associado à glitch art, que consiste em manipular arquivos digitais utilizando software que converta os dados dos mesmos em dados de áudio digital. No caso da artista, ela recorre, especificamente, a utilização do software Audacity, tranformando suas imagens em resultados sonoros de extremo ruído, noise.

“O que sempre quis fazer em meu trabalho, era criar obras cujas mídias se ‘confundissem’ entre si, dispondo o digital e o analógico em cooperação e tensão. Assim, em 2016, ao acaso, resolvi usar o ruído como solução, após encontrar um vídeo específico do músico e sound artist Magno Caliman: https://vimeo.com/48600982 . Utilizando o próprio ruído da imagem e de seu texto (títulos das obras), pude moldá-lo para transformar em outros sons e imagens, dando novos sentidos a uma narrativa fragmentada, expandindo os limites da abstração das pinturas iniciais”.

O nome “Partituras” designam um “set” de pinturas – no caso, 4 conjuntos de pinturas. Cada conjunto de ‘set’ é constituído por uma ‘pintura-base’ (um painel de 50x40cm) e um conjunto de ‘pinturas secundárias’, seguindo um tema específico. Assim, as partituras são divididas em 4 partes que, apesar de funcionarem de maneira autônoma – cada parte é uma música-, juntas, formam uma única peça (música). “As pinturas em questão fazem parte de uma espécie de ‘ritual’ no qual exorcizo através do ‘vômito’ de imagens uma série de referências acadêmicas provenientes de minha experiência passiva como estudante, amalgamadas a lembranças de cunho mais pessoal, e integram uma espécie de ‘pacto’ que fiz comigo mesma: expurgar” – diz Tatiana.

“Partituras” é, ainda, parte de um projeto maior que visa a dissolução da autoria. A ideia é que ele funcione como base para a construção de outros sons e imagens, em tempo real, através de performance coletiva e instalação, ambos a serem elaborados no futuro próximo.

Ouça “Partituras” aqui:
https://soundcloud.com/user-737227812/sets/partituras-texto-sons-imagens

Aufhebung

Glitchzado

Fim/Começo

por: Gabriela Nobre



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s